BALANÇO DE MASSA DE DQO PARA REATORES UASB MODIFICADO TRATANDO ESGOTO SANITÁRIO EM ESCALA PLENA

Ana Caroline de Paula Patulski, Orlando Antonio Duarte Hernández, Miguel Mansur Aisse Miguel, Gustavo Rafael Collere Possetti

Resumen


A tecnologia anaeróbia é grandemente empregada para o tratamento do esgoto sanitário, especificamente os reatores de fluxo ascendente e manta de lodo (Upflow Anaerobic Sludge Blanket - UASB). Para controlar a performance desses reatores, o balanço de massa pode ser utilizado, esclarecendo as rotas do material orgânico, auxiliando na avaliação da eficiência do sistema, identificando os compostos de saída do processo e fornecendo suporte na homologação de novas metodologias. Diante disso, o objetivo geral deste estudo foi avaliar o balanço de massa de DQO, para reatores UASB modificado, tratando esgoto sanitário em escala plena. Para equacionamento do balanço de massa, realizou-se entre os meses de julho de 2018 e novembro de 2018 uma caracterização do esgoto afluente, efluente, lodo e biogás. Os resultados apresentaram percentual de 32.66 %, 24.24 %, 10.29 %, 4.56 % e 1.65 % para DQO transformada em biomassa e eliminada junto ao efluente, DQO não transformada e eliminada solúvel ao efluente, DQO transformada em metano e presente no biogás, DQO empregue para redução do sulfato e DQO transformada em biomassa e mantida no sistema, respectivamente.


Palabras clave


biogás; estação de tratamento de esgoto (ETE); mensuração em tempo real; metano dissolvido

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2021.14.2.75142