PARÂMETROS DA CONTAMINAÇÃO DO SOLO A PARTIR DA ANÁLISE DO DESCARTE DE UM EFLUENTE SANITÁRIO

Roberta de Moura Lisbôa, Natielo Santana, Delmira Beatriz Wolff, Andressa de Oliveira Silveira

Resumen


O descarte de efluentes sanitários não tratados no solo, traz inúmeras consequências ambientais e a saúde humana. O objetivo do estudo foi avaliar as modificações nas propriedades químicas de um solo, com textura arenosa, sob influência de fontes de lançamento de um efluente sanitário. Para isso, foram coletadas amostras em cinco pontos próximos e um distante das fontes de lançamentos do efluente. Foram determinados os teores de cobre, zinco, manganês, ferro, fósforo, capacidade de troca de cátions, pH, matéria orgânica, areia, silte e argila no solo, bem como índices de qualidade ambiental e análise de correlação, agrupamento e componentes principais. Os teores de MO, Cu, Zn, Fe, Mn, P e Na apresentaram incremento e o pH do solo reduziu sob influência do efluente (pontos de amostragem P1, P4 e P5) em relação ao ponto sem a influência (ponto de amostragem P6). Nos locais sob influência do efluente, principalmente nos pontos entre as fontes e próximo ao canal de drenagem, os índices de qualidade ambiental foram afetados.


Palabras clave


esgoto; índices de poluição; metais pesados; dispersão de contaminantes

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2021.14.2.75116