AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS SÓCIO-AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA DE FAMÍLIAS REMANEJADAS. ESTUDO DE CASO DO RESIDENCIAL MORADA DO SOL, PARAGOMINAS, PA

Kerla Francemary Martins De Oliveira, Adiel José Passos da Cunha Júnior, Francisca Nara da Conceição Moreira, Márcia Valéria Porto de Oliveira Cunha

Resumen


A construção do Residencial Morada do Sol, no município de Paragominas, PA, teve como objetivos, reduzir o déficit habitacional do município, proporcionar moradias salubres, melhorar a qualidade de vida junto ao meio ambiente. A pesquisa teve por objetivo, a averiguação de que as estruturas habitacionais com infraestruturas de saneamento básico apresentam reflexo na melhoria da qualidade de vida dos contemplados. Para isto, o trabalho foi dividido em quatro etapas. Inicialmente fora realizada visita técnica à Caixa Econômica Federal, em Belém - Pará. Na segunda etapa aconteceu visita à Secretaria de Saneamento no município de Paragominas. Na etapa seguinte, ocorrera visita à Secretaria de Assistência Social do município. E na quarta etapa foram realizadas entrevistas com os moradores do Residencial. Assim, este trabalho traz uma sinopse da melhoria da saúde e qualidade de vida das famílias remanejadas de áreas de risco em Paragominas (PA), para o Residencial Morada do Sol, do PMCMV, o primeiro dessa categoria no município, destinado à famílias com renda de 0 a 3 salários mínimos. Foi possível analisar de que forma a interferência do sistema de saneamento oferece benfeitorias a população, além de, afastá-las e interromper o ciclo de vida de agentes patógenos, causadores de enfermidades com ausência de saneamento.


Palabras clave


área de risco; sistemas de saneamento; qualidade de vida

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22201/iingen.0718378xe.2021.14.2.71770